Maxims of Greeley Galleries

Frases Tumblr – Como criar poemas e citações no estilo da rede social

Feb
21

O Tumblr é uma rede social no estilo microblog, nela os seus usuários podem compartilhar vídeos, imagens, músicas, gifs e especialmente textos. Geralmente os posts da rede social são curtos e os usuários podem comentar, curtir e compartilhar as postagens de outros usuários.

Mas a final o que são os poemas e citações no estilo Tumblr? Dado ao seu estilo de microblog o Tumblr é uma plataforma ideal para estimular a criatividade da escrita e compartilhamento textos.

Sendo assim, esse estilo nada mais é que o estilo de citações e poesias que ficaram populares na plataforma. Os textos escritos pelos próprios usuários são geralmente simples, mas profundos, eles abordam temas como relacionamentos, amizades e principalmente sobre como as pessoas se sentem em relação ao mundo.

Já os textos compartilhados são de autores como Martha Medeiros, Caio Fernando Abreu e Clarice Lispector, como você poderá ver nos exemplos abaixo.

 

Alguns poemas e citações no estilo Tumblr

 

Meu bem,

Você é a poesia

Mais bonita

Que Vinícius

Esqueceu-se de escrever,

Mas tive a sorte

De me encantar com teu sorriso,

E poetizá-lo

Em meus versos.

(Fonte: Tumblr NOUNOUSE)

 

Recuperar o que foi perdido é como juntar os cacos de algo que foi quebrado: é perda de tempo, porque o formato original nunca será o mesmo e o processo até o entendimento causa cortes. (Fonte: Tumblr desbotando)

 

De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades: não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma; cuidado com o que anda desabafando; conte até três (tá certo, se precisar, conte mais); antes só do que muito acompanhado; esperar não significa inércia, muito menos desinteresse; renunciar não quer dizer que não ame; abrir mão não quer dizer que não queira. O tempo ensina, mas não cura. — Martha Medeiros. 

 

Se desse eu me virava do avesso só pra te provar que cada centímetro do meu corpo implora por você. (Fonte: Tumblr me-afastei )

 

Há um pouco de ti em cada parte,

Em cada poro do meu corpo.

Tuas palavras que se aninham no peito

Feito poesia de Drummond e aconchego.

Tua fala atrevida nas madrugadas

Levanta meus pelos e minha pele arde.

Tua respiração mesmo por outras esquinas

me causa arritmia

Eu sou com você de alguma forma

E te quero de novo

Mesmo quando já te tenho demais.

(Fonte: Tumblr manuscrite)

 

“Se isso não é amor, eu não sei o que é. Venha com o peito aberto, estufado e cheio de coragem. Ou vá embora. Mas depois não vem me dizer que tem coração.” (Fonte: Tumblr inverbos)

 

Perdi minha identidade, me desconheci. Passei um mês inteiro trancado no quarto, sentindo dor. Não exatamente sentindo, mas sendo dor, sem falar com ninguém, sem pensar nada, sem fazer nada (Caio Fernando Abreu)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *